quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Recursos naturais e a industrialização no nordeste dos Estados Unidos


No final do século XVIII, os Estados Unidos passaram por uma fase de grande prosperidade econômica, motivada pela expansão do mercado consumidor interno, o que assegurou o crescimento da produção industrial na região nordeste de seu território.

Na segunda metade do século XIX, muitos recursos passaram a ser aplicados na mineração, tendo em vista a demanda de matérias primas destinadas ao abastecimento da crescente indústria.Inicio-se a exploração de imensas jazidas de carvão nos montes Apalaches, enquanto o ferro era extraído em abundância nas proximidades dos Grandes Lagos e no nordeste do país.A exploração desses recursos alavancou o desenvolvimento da atividade industrial, principalmente depois da construção das primeiras grandes siderúrgicas e metalúrgicas, deixando condições necessárias para a implantação de vários outros segmentos industriais.

No século XIX, a descoberta e a extração do petróleo, primeiramente nas proximidades dos Grandes Lagos e mais tarde no Texas e no golfo do México,proporcionaram grande desenvolvimento da indústria.O petróleo passou a ser empregado como combustível para o funcionamento das máquinas industriais e dos meios de transporte.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário